Blog da Mileski

Seja bem-vindo! Aqui você vai saber mais sobre os nossos produtos, além de esclarecer dúvidas e interagir conosco. 
  • Mileski Hospitalar

A prevenção da infecção do sítio cirúrgico através dos aventais descartáveis.

Quatro estudos analisados discutem a relação entre a eficácia de diferentes tecidos no processo de minimizar a transferência indireta e o quantitativo de bactérias presentes no ar próximo ao campo ou à ferida cirúrgica. Comparando-se diferentes tipos de tecidos, utilizados para as vestimentas de paramentação cirúrgica, as vestimentas de algodão são mais convenientes de se usar; entretanto, possuem um tamanho de poro entre 80 e 100 micrómetros (mm), o que se configura demasiado grande para conter bactérias da pele. Além disso, quando as vestimentas de algodão são molhadas, organismos presentes na pele utilizam o meio líquido como transporte, penetrando mais facilmente no tecido. Observa-se, também, que a capacidade de proteção após cada ciclo de uso de vestimenta reutilizável deve ser rotineiramente testada por inspeção física e testes de repelência, de forma a garantir sua eficácia. Ao se realizar cultura de bactérias em placas expostas ao ar ambiente durante cirurgias, evidenciou-se uma redução na quantidade de Unidades Formadoras de Colônia (UFC) por metro cúbico (m3) presente nas placas expostas ao ambiente. Durante o teste, quando a equipe fez uso de sistemas de roupas feitas de tecido de fibras sintéticas não permeáveis, como tecidos descartáveis à base de polipropileno, constatou-se que essas também oferecem proteção superior, em comparação com as roupas feitas de algodão, podendo apresentar um poro médio de 0,2 mm; tais tecidos de fibras sintéticas não permeáveis são associados a uma redução superior a 50% na carga de bactérias no ar durante as operações e a uma diminuição de 9,5% para 0,5% nas taxas de ISC (Infecção do Sitio Cirúrgico).


+55 61 3387-3909
Brasília/DF - BRA

Todos os Produtos Fiscalizados:

  • Whatsapp
  • Facebook
  • Instagram

© 2017 Mileski - Produtos Hospitalares Descartáveis.

Todos os direitos reservados.

Resp. Tec: Dr. Marcelo Alves de Paula Moura
CRF/DF: 8526